,

Desenrola Fies dá acesso a descontos para quitar financiamento

19/02/2024

0
FavoritarFavoritar artigo0

O Desenrola Fies está disponível até 31 de março e oferece descontos na dívida total do financiamento, nos juros e nas multas. Veja detalhes!

Publicidade

O Desenrola Fies corresponde a uma oportunidade de renegociação de dívidas decorrentes do financiamento do ensino superior particular.

Lançado no ano passado, ele dá aos estudantes com parcelas em atraso o direito de quitá-las com descontos e até mesmo perdão de juros.

A iniciativa busca auxiliar estudantes que se filiaram ao Fundo de Financiamento Estudantil, mas não tiveram condições em arcar com as parcelas.

Ela é válida tanto para atrasos no pagamento da parte que cabia ao aluno mensalmente, durante o curso, quanto para as cobranças após a conclusão do curso.

Para participar da campanha de negociação das dívidas os estudantes precisam ficar atentos. Primeiramente, porque a iniciativa somente abarca pessoas com atrasos até uma data específica. Em segundo lugar, porque há prazo para aderir a ela.

Leia também:

O que é o Desenrola Fies?

Ele corresponde a uma campanha de renegociação de valores em atraso decorrentes das parcelas do financiamento estudantil para ensino superior.

Quem pode aderir ao Desenrola Fies?

Existem duas exigências importantes para que o estudante possa fazer a renegociação das dívidas decorrentes do financiamento estudantil. São elas:

  • Firmação do contrato do Fies até o final do ano de 2017;
  • Estar em atraso nas parcelas em 30 de junho de 2023.

Portanto, somente quem entrou na faculdade até o ano de 2017 pode participar da iniciativa. Além disso, deve ter entrado em inadimplência até o dia 30 de junho de 2023.

Como funciona a renegociação do Fies?

Existem quatro faixas de renegociação pelo Desenrola Fies. Elas permitem a obtenção de até 100% de descontos nos juros, além da diminuição no valor consolidado da dívida.

Inadimplência superior a 90 dias em 30/06/2023

Quem já estava em atraso com parcelas por 3 meses ou mais em 30 de junho do ano passado pode obter vantagens que variam de acordo com o tipo de pagamento. Isto é, se a quitação ocorrerá à vista ou por parcelamento.

Assim, é possível:

  • Pagar à vista e obter desconto de 100% sobre juros e multas e 12% sobre o valor em atraso ou;
  • Parcelar a dívida em 150 vezes e obter o desconto sobre juros e multas.

Inadimplência superior a 1 ano em 30/06/2023

Por outro lado, quem estiver em dívidas com o financiamento estudantil há 360 dias ou mais na data limite (30 de junho de 2023) pode obter desconto de até 77% sobre o valor consolidado da dívida.

Neste caso, o desconto se aplica tanto para a quitação à vista quanto em parcelas, que podem chegar a 15.

Inadimplência superior a 360 dias em 30/06/2023 de inscritos no CadÚnico ou que receberam Auxílio Emergencial

Quem faz parte do CadÚnico ou recebeu Auxílio Emergencial tem condições especiais de pagamento no Desenrola Fies, caso o atraso nas parcelas, em 30/06/2023, já superava 1 ano.

Nesta hipótese, o estudante pode obter até 99% de desconto sobre o valor total da dívida. O pagamento pode ser feito à vista ou em 15 parcelas.

Estudantes adimplentes

O Desenrola Fies trouxe uma novidade importante. Diferentemente de campanhas de renegociação anteriores, que excluíam quem estava em dia com as parcelas de financiamento, desta vez quem é adimplente também foi incluído.

Mesmo quem não está em atraso com o pagamento do financiamento estudantil pode aproveitar a iniciativa.

Neste caso, é possível pagar o valor total restante com 12% de desconto. Contudo, para isso a quitação deverá ocorrer à vista.

Até quando é possível aderir ao Desenrola Fies?

Quem tem interesse em renegociar a dívida do Fies e se enquadra nas exigências da campanha deve ficar atento, pois o programa fica ativo apenas até 31 de maio.

Assim, até lá o estudante deverá buscar a instituição bancária responsável pelo financiamento (Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal) e proceder à negociação.

Confira agora:

Avatar de Ana Follmann

Assim como Caetano Veloso, sou uma otimista por determinação. Formada em Direito pela UFPR, especializada em Direito do Trabalho e produtora de conteúdo desde 2018 em nichos diversos e que aguçam minha curiosidade. Também tenho Contato profissional que é: [email protected]

Comente abaixo o que você achou do artigo!

Notícias Rápidas

CPF bloqueado por dívida: É possível? Como saber se tenho direito ao PIS? Como saber se meu título de eleitor está regular? Consultar CNIS pelo CPF O que é carta de crédito Financiar veículo pelo CNPJ MEI Auxílio Natalidade CRAS Se eu excluir a Caixinha do Nubank o dinheiro volta? Saque de benefício após falecimento Onde cai o saque-aniversário Saldo bloqueado Caixa Tem Auxílio maternidade para desempregada Como sacar benefício do INSS Documentos necessários para assinar carteira de trabalho Quem recebe Bolsa Família pode fazer empréstimo na Caixa Econômica Conta poupança pode ter pix? Como ganhar livros físicos de graça? Como fazer Cadastro Único? Golpe Boleto! Motivos Demissão Justa Causa